terça-feira, 4 de julho de 2017


Ouvi e revoltei-me mais do que já estava
Foto Retirada da Internet / Sem Indicação do Autor
 
No dia 20 de Junho coloquei no “Palavras Sem Jeito”, três simples perguntas relativas à tragédia de Pedrogão Grande. Obviamente, que não recebi nenhuma resposta institucional, nem sequer dela estaria à espera.

Mas as respostas que desejava, foram dadas aos Portugueses pelos diversos intervenientes que tiveram responsabilidades no teatro de operações, cada um com as suas "conclusões", sem que ainda tenha saído o resultado do inquérito governamental em marcha.

E ouvi, aquilo que os factos visíveis já tinham evidenciado. Ouvi e enraiveci-me. Ouvi e alarmei-me. Ouvi e revoltei-me mais do que já estava. Ouvi, o que todos nós infelizmente, já intuía-mos.

Por decoro, cinjo-me apenas a este breve texto, que reflecte claramente o meu sentir.

Deixo uma palavra de agradecimento e apreço a todos os Bombeiros Portugueses, a quem muito respeito e admiro.

p.s – E nem quero sequer falar, de um outro assunto gravíssimo, o roubo de armamento em Tancos ocorrido a semana passada, para que não me descontrole no palavreado com que teria de epitetar a nossa incapaz e paupérrima classe política.

Sem comentários:

Enviar um comentário