sábado, 21 de janeiro de 2012

COLOQUEM TERMO A ESTE GOVERNO. ESTAREI ERRADO?

Foto: retirada da Internet / Sem indicação do Autor

Deixando para trás todas as ilações e comentários que são possíveis deduzir relativamente às palavras do Presidente da República, relativamente à sua reforma, há uma que é minha, que pode até ser um autêntico dislate, mas eu também tenho direito a isso.

Dessas palavras, sou compelido pessoalmente a extrair que se os montantes recebidos pelo Senhor Presidente, não chegam como diz, para as despesas, imagine-se o da grande maioria dos portugueses. Por isso, para mim foi feito um “convite” claro (provavelmente nem era essa a intenção) mas no Senso Comum transparece, para que os portugueses, coloquem termo a este governo. Estarei errado?

P.S - Não quer dizer que eu esteja ou não de acordo que este Governo deva ter já o seu termo. Tabu.

2 comentários:

  1. Só mais uma nota, que revela divergência entre Cavaco e o Governo. Hoje em Santo Tirso, Cavaco, instigou aos jovens a ficar nas "nossas terras", incluindo não emigrar.
    Como se sabe, o Governo, anda precisamente a dizer o contrário.

    Afinal, vamos ou ficamos?

    ResponderEliminar
  2. Meu amigo:
    Um presidente da república que diz o que disse Cavaco Silva, sobre as suas pensões de reforma e o seu nível de vida, só pode ter perdido o respeito dos reformados que este ano ficarão sem 13º e 14º meses, e da população em geral.

    Cavaco prescindiu do ordenado de Presidente da República, mas acumula duas pensões, a de professor catedrático na Universidade Nova de Lisboa e a de reformado do Banco de Portugal, que totalizavam, antes dos cortes nas pensões de reforma, cerca de 10 mil euros mensais (brutos).
    Com tais declarações Cavaco perdeu o meu respeito. Não tem estatura ética para estar à frente do país. Por mim podia demitir-se já, depois de pedir desculpa aos portugueses. Se ainda lhe resta alguma dignidade.
    Mas no caso de não se demitir, estou de acordo consigo devíamos ser nós a fazê-lo.

    beijinhos

    ResponderEliminar