quarta-feira, 6 de setembro de 2017

Até...


O Pedro não resistiu aos graves ferimentos.
Até…

3 comentários:

  1. Escusas, Samnio! Não havia aberto esta página! Externo meus sentimentos de pesar pela perda irreparável! O tempo tanto é inexorável à perda quando ao consolo. Só o tempo apaga a sensação do vazio por alguém. Que Deus receba o espírito de Pedro junto aos eleitos. Muita paz! Abraço fraterno e condolências aos aos próximos. Laerte.

    ResponderEliminar
  2. Nunca entendi a morte e há situações em que não a entendo mesmo.

    Um abraço à família enlutada.

    Beijos Samuel e Sara!

    ResponderEliminar