domingo, 4 de junho de 2017

"Portugal Porque te Quero" - amanhã na RTP

Amanhã dia 5 de Junho, a RTP 1 (Televisão Pública de Portugal), no programa "Prós e Contras", vai abordar a temática "Portugal porque te Quero

É precisamente a mesma temática que me motivou, aqui, no "Palavras Sem Jeito", a escrever o post, "E de repente Portugal é o país mais ambicionado do Mundo", publicado no dia 31 de Maio. É caso para dizer que o "Palavras Sem Jeito" está sempre atento ao que nos rodeia, não tendo contudo neste post abordado nem os Prós, nem os Contra, desta demanda por Portugal.

"Nem tudo são rosas", nesta procura desmedida de nacionais de outros países por Portugal,  quer  seja  para visitar,  quer seja para viver, mesmo apesar deste último grupo ser gente "endinheirada", que todos os países desejam.   Que o diga, quem pretende alugar ou comprar casas em Lisboa ou no Porto, onde a inexistência de habitações disponíveis, devido a este facto, levou a preços proibitivos para a bolsa dos portugueses. E, as que existem estão a transformar-se em "alojamento Local".  Esta e outras preocupações, bem como virtudes, pelo facto de Portugal estar na Moda, serão certamente abordadas amanhã.

Um programa a não perder.

Porque este Blog também é lido noutras partes do Mundo, deixo aqui, a forma dos leitores do "Palavras sem Jeito",  poderem em directo assistir a esse debate.
Basta carregar no link abaixo, por volta das 21h50 - hora de Lisboa.
https://www.rtp.pt/play/direto/rtp1





 

2 comentários:

  1. Olá, estimado amigo, novo amigo virtual!

    Muito agradeço as suas palavras, elogiosas, no meu blogue.

    Por aqui, sempre assuntos de muito interesse. Sempre k posso, vejo o programa, que referiu. A Fátima é uma mulher mto determinada, atuante e conhecedora e costuma chamar os "dois lados da moeda". Vamos ver!

    Não é alentejano, mas vive aí há 22 anos e se Paulo de Carvalho canta, diz que "10 anos é muito tempo", imagine 22.

    Acredite que acho que as suas palavras têm "jeto" (rs).

    Abraços e boa semana.

    ResponderEliminar
  2. Estou até com ciúme
    Da tal demanda intensa.
    Não que o país me pertença,
    Mas meu pensar se resume

    Em dados que traz ao lume
    A tal procura e encareça
    À vida. E à minha cabeça,
    Do povo, virá o queixume

    Do preço alto, em resumo.
    E o português tome rumo
    Inverso à emigração

    Ao interior - Perde o sumo
    Do fruto e se torne fumo
    O caroço em sua mão.

    Grande abraço, Samnio. Parabéns! Laerte.

    ResponderEliminar